Segunda-feira, 17 de Junho

TSE absolve Sérgio Moro em ação por abuso de poder econômico

Publicado em 22/05/2024 às 06:46
Brasil

Em uma decisão unânime, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encerrou, na noite desta terça-feira (21), um processo longo contra o senador Sergio Moro (União Brasil-PR).

O tribunal, por 7 votos a 0, rejeitou as acusações feitas pelo PT e pelo PL, que solicitavam a cassação do mandato do senador, absolvendo o ex-juiz e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública.

Com essa decisão, Moro evita a perda de seu mandato e continua a ocupar sua cadeira no Senado Federal. Ele foi eleito em 2022 pelo estado do Paraná, recebendo 1,9 milhão de votos, com mandato até 2030.

Homem morre após acidente na GO-334 entre Rubiataba e Nova América

As ações analisadas pelo TSE foram movidas pela federação composta por PT, PCdoB e PV, além do PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Passageiro de veículo é autuado por posse de drogas para consumo pessoal em Uruana


O senador enfrentava acusações de abuso de poder econômico, caixa 2 e uso indevido dos meios de comunicação durante a campanha eleitoral de 2022. As ações pediam não só a cassação do mandato de Moro, mas também sua inelegibilidade por 8 anos e a realização de uma nova eleição para o Senado no Paraná.

Foto: Agência Brasil. 

 

Comentários


Os comentários não expressam a opinião do Jornal Populacional e são de exclusiva responsabilidade do autor.

Encontre mais notícias relacionadas a: Justiça,

Veja Também